Notícias

Em apenas oito dias, jornalista perde toda a família em decorrência da Covid-19

Súzan Benites, jornalista de Campo Grande (MS), perdeu toda a família para o coronavírus em oito dias. Primeiro, faleceu sua mãe, Roseneide Nara. Logo após, ela perdeu o único irmão, Rafael Benites, e por último o pai, Atanacildo Nara. Súzan conta que desde março de 2020 sua rotina era apenas ''trabalho e mercado'', e não sabe como a família contraiu a doença. Bruno Nascimento, namorado da jornalista, passou 11 dias internado em decorrência da doença e recebeu alta neste domingo (21). 

"Meus pais, todos nós, na verdade, sempre tivemos muito medo da Covid. Desde o primeiro momento, paramos de fazer tudo. Nós não recebemos mais nenhuma visita e inclusive tinha muita gente brava porque passamos Natal e Ano Novo só nós em casa. A única pessoa que colocava o pé aqui dentro era o Bruno, porque me levava ao trabalho e era a única pessoa que jantava conosco todos os dias", disse Súzan.

Eles teriam procurado a rede pública para realizar o teste após o pai dela, Atanacildo, apresentar sintomas por três dias. Após o resultado positivo, todos retornaram para fazer o teste rápido, que resultou em positivo para toda a família, inclusive Súzan.

"Não existe lição, compreensão ou justificativa para um sofrimento tão grande. Há 15 dias, eu tinha um lar de muito amor, parceria, cumplicidade, planos, projetos, e hoje eu tenho nada. A única certeza que eu tenho é que fomos muito felizes juntos e seremos nós quatro para toda a eternidade", desabafou.

JORNALISMO NOVA FM

 

 

 

SC recebe nova remessa de vacina contra a Covid com 146,7 mil doses nesse sábado

O Governo de Santa Catarina recebeu neste sábado, 20, uma nova remessa com 146.750 novas doses da vacina contra a Covid-19, sendo 5.750 AstraZeneca/Fiocruz e 141 mil Coronavac/Butantan. As doses chegaram ao aeroporto, em Florianópolis, às 8h20, e seguiram para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), em São José. A distribuição dessas doses para as 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) das Regionais de Saúde de Santa Catarina ocorrerá a partir de segunda-feira, 22 de março. 

As 5.750 doses da AstraZeneca/Fiocruz serão destinadas à vacinação de um novo grupo prioritário, o dos povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas. De acordo com o Ministério da Saúde (MS), essa população será contemplada com a vacina produzida pela Fiocruz, pois o intervalo de aplicação entre a primeira e a segunda dose é de 12 semanas (3 meses), o que facilita o cumprimento do esquema vacinal, tendo em vista que o acesso a essas comunidades pode demandar um pouco mais de tempo e planejamento. 

As demais doses, 141 mil, serão destinadas integralmente para dar continuidade à vacinação dos idosos acima de 70 anos e dos trabalhadores da saúde. Desta vez, também seguindo recomendação do MS, o estado fará a distribuição de 100% das doses recebidas da AstraZeneca/Fiocruz e Coronavac/Butantan para aplicação da Dose 1 (D1). 

“O Ministério da Saúde garantiu que vai mandar uma nova remessa da vacina Coronavac em um prazo de 2 a 4 semanas, que é intervalo adequado entre a aplicação da Dose 1 e Dose 2, para que o esquema vacinal seja finalizado. Por esse motivo, recomendou que o estado faça a distribuição de todas as doses recebidas neste sábado para acelerar a vacinação dos grupos prioritários.”, esclarece João Augusto Brancher Fuck, diretor da DIVE/SC. 

 

JORNALISMO NOVA FM

Arma, munições e drogas são apreendidas em operação da Polícia Militar, em Blumenau

A Polícia Militar realizou na manhã desta sexta-feira (19) uma operação na região do Morro da Dona Edith, bairro Velha Grade em Blumenau. Após informações levantadas pelas equipes policiais que atuam no setor, foi realizada uma incursão na mata, sendo observado um masculino saindo de uma barraca com várias embalagens e uma bolsa.

Diante da atividade suspeita, foi realizada a abordagem do agente, sendo encontrado drogas em sua posse. Com o apoio do canil, foi localizado mais drogas, munição e uma arma de fogo.

A polícia apreendeu 4,447kg de maconha, 700 gramas de cocaína, dois rádios comunicadores, dois celulares e uma balança de precisão, além de uma pistola Taurus calibre 40, 43 munições .40 e 11 munições calibre 38. Também foi constatado que o masculino de 33 anos já possuía em seu desfavor 8 boletins de ocorrência, dentre eles por tráfico de drogas, ameaça e dano. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia para os procedimentos cabíveis.

JORNALISMO NOVA FM

 

Mulher tenta matar amiga por suposta traição.

Uma jovem mulher tentou matar a amiga na tarde de ontem quarta-feira, dia 17, em São Bento do Sul. O motivo seria uma traição da amiga com o seu companheiro. De acordo com o delegado Lucas Mendonça, a autora de 20 anos, teria ido até a casa da amiga, de 18, para conversar. Chegando no local, ela teria pego uma faca e golpeado a vítima várias vezes na cabeça, costas, pernas, abdômen e braços. Depois, teria pego uma sacola plástica, com água sanitária, e tentado asfixiar a jovem. Além disso, ela tinha a intenção de cortar o pescoço da amiga. Porém, a vítima conseguiu gritar por ajuda e, após vizinhos escutarem os apelos, a polícia foi acionada e prendeu a suspeita na cena do crime. Na delegacia, a mulher disse que praticou o crime porque acabou descobrindo que a amiga estava se relacionando com o namorado dela. Porém, a vítima negou o fato e alegou que a suspeita teria chegado de repente na casa. “Ambas também comentaram que fazem uso de medicamento controlado e que a autora não teria ingerido a medicação e por isso, poderia ter tido um surto”, conta o delegado. A suspeita foi indiciada por tentativa de homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e asfixia e continua presa. A polícia também apreendeu a faca e a sacola usada no crime. Já a vítima, recebeu atendimento médico e passa bem. 

Jornalismo Nova FM

Descartado Lockdown em SC

Um lockdown de 14 dias em Santa Catarina foi descartado pelo grupo técnico responsável por definir novas medidas para conter o avanço da Covid-19. A decisão do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes) foi tomada após uma reunião de cerca de seis horas entre a tarde e a noite desta quarta-feira (17), com a presença de 19 instituições. Apesar disso, novas restrições foram recomendadas. As medidas recomendadas pelo Coes serão definidas em uma nova reunião, às 14h desta quinta-feira (18). No encontro será fechada uma proposta com restrições para ser enviada ao governador Carlos Moisés. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), os técnicos recomendaram novas ações para o enfrentamento da Covid-19, como multas, horários diferenciados e maior atenção durante a Páscoa, mas desconsideraram a hipótese de um lockdown no estado.

 

Jornalismo Nova MF

Subcategorias

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking