Notícias

Banco Safra emite nota após denúncia sobre descaso com pandemia.

As informações não procedem.
O Banco Safra tomou todas as providências para salvaguardar seus colaboradores e clientes.
Cumprimos rigorosamente todos os protocolos estabelecidos e temos provido as agências em todo o País de equipamentos de proteção e álcool em gel.
Também estamos fazendo rigorosa higienização de todos os locais e divulgando avisos de prevenção por vários meios todo o tempo".

 

Jornalismo Nova FM

Pela ofensa a fiscal de mercado, homem tem sentença por injúria racial mantida pelo TJ

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em matéria sob a relatoria do desembargador Carlos Alberto Civinski, manteve a sentença pelo crime de injúria racial a um homem que ofendeu um fiscal de supermercado, em Blumenau. Flagrado com objetos furtados, o réu chamou o funcionário do comércio de "preto vagabundo" quando foi capturado. O homem foi condenado a pena de um ano e 10 meses de reclusão, em regime aberto, e ao pagamento de multa no equivalente a 17 dias de um salário mínimo.

 

Segundo a denúncia do Ministério Público, em junho de 2015, o acusado entrou no supermercado com uma mochila e furtou os seguintes itens: duas garrafas de vodca, quatro barras de chocolate, quatro pacotes de isqueiros e uma sandália; avaliados em R$ 150. Quando o fiscal fez o flagrante no estacionamento, o homem tentou fugir e precisou ser contido. Durante a abordagem, o homem chamou o fiscal de "preto vagabundo" e "seu preto, vou te socar a cara". O réu também foi denunciado pela tentativa de furto, mas o crime prescreveu. Indignado com a sentença, o homem recorreu ao TJSC. Pleiteou a absolvição quando sustentou dúvidas acerca da materialidade do delito na forma qualificada. 

"Assim, ainda que as condutas do apelante tenham sido motivadas por estar sendo detido à força - registre-se, porque tentava subtrair produtos do supermercado -, os termos empregados pelo apelante ao se dirigir ao ofendido, xingando-o de 'preto' ou 'negão', além de ter desferido ameaças a sua integridade, tinham claro conteúdo pejorativo e demonstram que o recorrente utilizou-se da cor da pele da vítima para ofendê-la", anotou o relator presidente. 

A sessão contou também com os votos do desembargador Ariovaldo Rogério Ribeiro da Silva e da desembargadora Hildemar Meneguzzi de Carvalho. A decisão foi unânime

(TJSC)

Jornalismo Nova FM

Destaques do setor policial das ultimas 24 horas.

Destaques do setor policial. Em Blumenau dois homens com mandado de prisão aberto foram presos encaminhados para o presidio regional. Na rua Antônio da Veiga houve um furto de uma moto CG placa MAT6745 de Blumenau, no salto do norte furto a residência, foram levados 2 tvs, 2 celulares e perfumes. Em Lontras, uma criança de um ano e sete meses morreu após ser atropelada pelo trator que era guiado pela mãe. A policia civil investiga o acidente. Em Benedito novo, a policia prendeu um homem após por ciúmes quebrar o celular e ameaçar de morte com uma foice sua companheira. O caso foi no Ribeirão Tigre por volta da 11h00 da manhã. Nas outras cidades da região foram registradas outras ocorrências sem maiores destaques.

 

Jornalismo Nova FM

Sindicato dos Bancários fecha banco Safra em Blumenau

Nesta segunda-feira, dia 01 de junho, o Sindicato dos Bancários de Blumenau e Região fechou o banco Safra, no centro de Blumenau. Isso porque cinco funcionários testaram positivo para Covid-19. Outros empregado aguardam o resultado do teste.

Além disso, o banco forneceu apenas dois frascos de álcool em gel para uso comum entre clientes e funcionários, um em cada andar da agência. Para facilitar a higienização, os próprios funcionários têm trazido álcool em gel de casa para utilizar em suas mesas. E o mais inaceitável, os empregado só receberam máscaras há apenas 15 dias. “Um verdadeiro absurdo vindo de uma instituição bancária que lucra bilhões de reais anualmente”, indignou-se o presidente da entidade, Edson Luiz Heemann.

Diante da gravidade da situação, o Seeb informa que só permitirá a reaberta do banco por empregados que já tiveram seu resultado negativo recente para Covid, além da comprovação do banco de adoção das medidas necessária, como álcool em gel e máscaras.

 

Jornalismo Nova FM

Esperança: Começa o primeiro teste em humanos do potencial tratamento com anticorpos para o Covid-19

A Eli Lilly and Company disse na segunda-feira que iniciou o primeiro teste humano de uma terapia de anticorpos projetada para tratar o Covid-19.

A primeira fase do estudo testará se a terapia é segura e bem tolerada; esses resultados são esperados no final de junho. Os primeiros pacientes do Covid-19 que estão sendo tratados com a terapia estão internados na Grossman School of Medicine da Universidade de Nova York em Nova York, Cedars-Sinai em Los Angeles e Emory University em Atlanta. Se o julgamento finalmente mostrar que o tratamento é eficaz contra o Covid-19, ele poderá estar disponível no outono, segundo a empresa de Indianápolis.

"Até agora, os cientistas tentavam redirecionar medicamentos, drogas, projetados para novas doenças para verificar se elas funcionam em Covid-19, mas assim que essa epidemia começou, começamos a trabalhar na fabricação de um novo medicamento contra essa doença, "disse o Dr. Dan Skovronsky, vice-presidente sênior e diretor científico de Eli Lilly.

"Agora estamos prontos e testamos em pacientes." O tratamento foi criado em colaboração com a AbCellera, uma empresa de biotecnologia sediada no Canadá. Quando alguém se recupera de uma doença como o Covid-19, seu corpo produz milhões de proteínas chamadas anticorpos, que combatem a doença e os ajudam a se recuperar. A AbCellera adquiriu uma amostra de sangue de um dos primeiros pacientes dos EUA que haviam se recuperado do Covid-19, e as empresas separaram milhões de células desse paciente para encontrar centenas de anticorpos.

Cientistas da AbCellera e do Centro de Pesquisa de Vacinas do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas selecionaram aqueles que julgavam mais potentes e os cientistas da Lilly projetaram o tratamento, conhecido como terapia de anticorpos monoclonais. Essa abordagem trabalhou para tratar outras doenças; existem terapias de anticorpos monoclonais que tratam o HIV, asma, lúpus, ebola e algumas formas de câncer. 

Não está claro se tal terapia funcionará contra o Covid-19, mas quando esse tratamento foi usado nas células do laboratório, ele bloqueou a capacidade do vírus infectar as células, disse Skovronsky. Os dados ainda não foram publicados, mas com base nesses resultados, os cientistas receberam luz verde para dar o próximo passo e prepará-lo para ser experimentado em pacientes.

Eles também deram um nome temporário.

"Nós chamamos LY-CoV555, sorte triplo 5

CNN internacional

Jornalismo Nova FM

Subcategorias

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking