Notícias

Esperança: Começa o primeiro teste em humanos do potencial tratamento com anticorpos para o Covid-19

A Eli Lilly and Company disse na segunda-feira que iniciou o primeiro teste humano de uma terapia de anticorpos projetada para tratar o Covid-19.

A primeira fase do estudo testará se a terapia é segura e bem tolerada; esses resultados são esperados no final de junho. Os primeiros pacientes do Covid-19 que estão sendo tratados com a terapia estão internados na Grossman School of Medicine da Universidade de Nova York em Nova York, Cedars-Sinai em Los Angeles e Emory University em Atlanta. Se o julgamento finalmente mostrar que o tratamento é eficaz contra o Covid-19, ele poderá estar disponível no outono, segundo a empresa de Indianápolis.

"Até agora, os cientistas tentavam redirecionar medicamentos, drogas, projetados para novas doenças para verificar se elas funcionam em Covid-19, mas assim que essa epidemia começou, começamos a trabalhar na fabricação de um novo medicamento contra essa doença, "disse o Dr. Dan Skovronsky, vice-presidente sênior e diretor científico de Eli Lilly.

"Agora estamos prontos e testamos em pacientes." O tratamento foi criado em colaboração com a AbCellera, uma empresa de biotecnologia sediada no Canadá. Quando alguém se recupera de uma doença como o Covid-19, seu corpo produz milhões de proteínas chamadas anticorpos, que combatem a doença e os ajudam a se recuperar. A AbCellera adquiriu uma amostra de sangue de um dos primeiros pacientes dos EUA que haviam se recuperado do Covid-19, e as empresas separaram milhões de células desse paciente para encontrar centenas de anticorpos.

Cientistas da AbCellera e do Centro de Pesquisa de Vacinas do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas selecionaram aqueles que julgavam mais potentes e os cientistas da Lilly projetaram o tratamento, conhecido como terapia de anticorpos monoclonais. Essa abordagem trabalhou para tratar outras doenças; existem terapias de anticorpos monoclonais que tratam o HIV, asma, lúpus, ebola e algumas formas de câncer. 

Não está claro se tal terapia funcionará contra o Covid-19, mas quando esse tratamento foi usado nas células do laboratório, ele bloqueou a capacidade do vírus infectar as células, disse Skovronsky. Os dados ainda não foram publicados, mas com base nesses resultados, os cientistas receberam luz verde para dar o próximo passo e prepará-lo para ser experimentado em pacientes.

Eles também deram um nome temporário.

"Nós chamamos LY-CoV555, sorte triplo 5

CNN internacional

Jornalismo Nova FM

Cidades com menos de 15 mil habitantes devem usar pregão eletrônico

Os municípios com menos de 15 mil habitantes terão de utilizar o pregão eletrônico em todas as aquisições de bens e serviços comuns, realizadas com recursos decorrentes de Transferências Voluntárias da União, a partir de hoje (1º). Estão nesta situação 3.165 cidades, espalhadas por todas as regiões do Brasil. Segundo levantamento do Ministério da Economia, os convênios com esses municípios movimentaram mais de R$ 2,2 bilhões em 2019.

“Este é um movimento para tornar as contratações públicas mais eficientes, aumentando a concorrência nas licitações e gerando economia para o município. É também uma forma de ampliar a transparência sobre a utilização dos recursos das transferências voluntárias, pois o andamento de um pregão eletrônico pode ser acompanhado por qualquer cidadão interessado no controle social”, explica o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert, em nota.

De acordo com a secretaria, o Sistema de Compras do Governo Federal (Comprasnet) está disponível de forma gratuita para todos os municípios. Para usar o sistema, é necessário celebrar um acordo com o Ministério da Economia. Até o momento, 1.808 cidades utilizam a ferramenta.

O uso obrigatório do pregão eletrônico nessas contratações foi estabelecido pelo Decreto nº 10.024/19 e também pela Instrução Normativa nº 206/2019.

As cidades com menos de 15 mil habitantes são o último grupo a ter de utilizar essa modalidade em suas aquisições de bens e serviços realizadas com recursos de transferências voluntárias. Com isso, a medida passa a valer para todos os estados e municípios.

 

Agencia EBC

Jornalismo Nova FM

Destaques do setor policial das últimas 24 horas.

Confira os destaques do setor policial das ultimas 24 horas na região. Em Blumenau houve um furto de motocicleta, uma Honda CG placa MGA 1316 no bairro velha. Ás 13h14 um homem foi detido após agredir a esposa e o sobrinho no Vostard. Às 14h49 um homem foi baleado na rua Frei Estanislau Schaette, segundo ele os disparos vieram de dentro de um Renault Logan que passava na via, o rapaz foi levado ao hospital. Às 17h30 dois homens foram presos com 3.5 Kg de maconha e 5 gramas de cocaína na rua Benjamim constante bairro Vila Nova. Em Indaial um estabelecimento comercial foi fechado após descumprir medidas do decreto estadual contra a covid-19, em Timbó a policia teve que fechar a entrada do parque morro azul após verificar diversas pessoas no local, a maioria delas sem máscara. Houve ainda uma apreensão de drogas e um acidente de trânsito. Em Pomerode dois homens foram abordados após serem flagrados saindo da mata com um trinca ferro em uma gaiola, o passaro havia sido capturado na região, eles assinaram termo circunstanciado e foram liberados. Em Ascurra um homem foi detido por populares após atear fogo na residência com a intenção de matar o próprio pai. A casa foi totalmente destruída, o pai não se feriu. Nas outras cidades da região não houve destaque policial.

 

Jornalismo Nova FM

Oktoberfest é adiada para novembro

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer e Parque Vila Germânica, em coletiva de imprensa on-line, nesta sexta-feira, dia 29, informou a decisão de adiar para novembro a 37ª Oktoberfest Blumenau, por conta da pandemia do coronavírus. A festa, que estava marcada para acontecer de 07 a 25 de outubro, deverá ser realizada de 11 a 29 de novembro. No entanto, nova avaliação será feita até o fim de agosto, podendo, se necessário for, cancelar a maior festa alemã das Américas. A organização reitera que está estudando todas as possibilidades e formatos, sempre priorizando a saúde dos visitantes.

Importância

A Oktoberfest não é só uma festa, e os números falam por si. O evento gera, direta e indiretamente, cerca de 6 mil empregos. Ao todo, estima-se cerca de 60 setores beneficiados, impactando desde vendedores ambulantes, taxistas e motoristas de aplicativo, até empresas como hotéis, bares, restaurantes e comércio em geral. No âmbito musical, são mais de 800 artistas que se apresentam na festa. A organização também calcula injeção, todos os anos, de R$ 240 milhões na economia local. Esses números são importantes considerando o difícil ano que passamos. 

 “Se nós considerássemos apenas os comentários e pesquisas feitas nas redes sociais, seria mais confortável cancelar. No entanto, nós não queremos nos precipitar. A decisão pode ser tomada em agosto, possibilitando tempo hábil para a montagem da festa com tranquilidade. Não é apenas por lucro, mas sim pela oportunidade que a Oktoberfest gera a milhares de famílias, que ganham renda extra durante a festa. Ainda mais num ano tão difícil”, reitera o prefeito Mário Hildebrandt.

Organização estuda cenários

Tendo em vista que ainda faltam cerca de seis meses para Oktoberfest, a organização está se preparando e estudando todos os cenários possíveis, buscando soluções para garantir a saúde e segurança das pessoas. Enquanto isso, todos os processos licitatórios para a realização da festa continuam normalmente. 

 “A população pode ficar tranquila, porque a saúde é prioridade. Se não for possível realizar a festa em agosto, que é o tempo limite, nós faremos o cancelamento. Importante ressaltar que nós ainda podemos esperar”, ressalta Hildebrandt. 

 

Jornalismo Nova FM

Hospital Santa Isabel adota medidas em função do coronavírus

O Hospital Santa Isabel (HSI), de Blumenau, informa que, alinhado às diretrizes do Ministério da Saúde e aos decretos do Governo do Estado de Santa Catarina em relação ao combate à pandemia de Covid-19, adotará, a partir do dia 1º de junho, novas medidas em relação à presença de acompanhantes na instituição.

Têm direito à acompanhante: pacientes menores de 18 anos e acima de 60 anos, portadores de necessidade especiais e gestantes, respeitando os seguintes critérios:
- Acompanhante deve ser maior de 17 anos e menor 60 anos;
- Não deve apresentar sinais e sintomas de doenças respiratórias;
- Não deve ter contraído Covid-19 (resultado positivo para Covid-19);
- O paciente tem direito a um acompanhante com uma troca por dia, das 8h às 20h (não serão realizadas trocas fora de horários).

Importante: ao se apresentar na Recepção Geral, será realizado o cadastro e identificação com etiqueta, seguido dos seguintes cuidados:
- Deverá ser realizada a higienização das mãos na Recepção Geral e durante a permanência na instituição;
-Será verificada a temperatura de todos, após receber a etiqueta de identificação: se a temperatura do acompanhante estiver acima de 37,8° não será permitida a entrada na instituição;
- Respeitar o número de pessoas ao acessar os elevadores;
- Respeitar o distanciamento e identificações no chão, e distanciamento social (mínimo de 1 metro entre pessoas);
- Obrigatório uso de máscara durante todo o período de permanência na instituição;
- Não será permitido que o acompanhante circule em quartos/leitos de outros pacientes, inclusive nos corredores: a presença do acompanhante é restrita ao leito do seu familiar;
- A presença de acompanhantes no Serviço de Emergência e UTI/UCO seguem suspensas.

Maternidade:
- Gestantes em consulta, trabalho de parto e cesária com suspeita e/ou confirmada COVID-19: a entrada é via Serviço de Emergência. Gestantes com cesária eletiva (sem suspeita de COVID-19 ou sintomas gripais): a entrada é via internação.
- Permanece suspensa a presença de fotógrafos e doulas na instituição.

Comunicação com os familiares:
- No momento da internação, solicitamos um contato para ser o responsável legal. Para este familiar responsável será repassado, diariamente, o boletim informativo do paciente. Não passamos informações para outros familiares, somente para o responsável.
- UTI e UCO: o médico entra em contato via telefone com o responsável do paciente, diariamente, entre 14h e 16h;
- Unidades de internação: um enfermeiro entrará em contato com o responsável do paciente, diariamente, entre 14h e 16h.

Destacamos que:
- As visitas seguem suspensas, conforme Portaria SES n° 342 de 20 de maio de 2020.
- Pacientes no Serviço de Emergência, UTI, UCO e UCE seguem sem acompanhantes, mantendo os boletins informativos conforme cada caso.

Jornalismo Nova FM

Subcategorias

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking