Notícias

PRF apreende agrotóxicos sem nota fiscal na BR 470 em Rio do Sul

Policiais rodoviários federais apreenderam na tarde desta terça (12) na BR 470 em Rio do Sul/SC uma carga de agrotóxicos que era transportada sem registro fiscal.

A apreensão ocorreu após abordagem a um VW/Saveiro placas de Itajaí/SC. O motorista de 66 anos levava no compartimento de carga do veículo 8 caixas com os produtos químicos, mas não apresentou nota fiscal. Ele disse que trabalha na revenda de agrotóxicos nos municípios de Rio do Sul e Ituporanga/SC.

Um engenheiro agrônomo da CIDASC (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina) compareceu à Unidade Operacional da PRF para identificação de embalagens que estavam sem rótulo. A mercadoria foi recolhida pelo órgão sanitário e o condutor vai responder por crime de evasão fiscal.

 

Jornalismo Nova FM

Gás de cozinha sobe mais que o dobro da inflação em 2020

Depois da inflação dos alimentos, no segundo semestre, o brasileiro enfrentou uma nova pressão sobre os preços no fim de 2020. O gás de cozinha encerrou o ano passado com alta de 9,24%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado nesta terça-feira, dia 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Isso representa mais que o dobro da inflação de 4,52% registrada no ano passado.

 

Usado principalmente pelas famílias mais pobres, que vivem em domicílios com menos estrutura, o gás de cozinha terminou em alta na comparação com outros tipos de derivados de petróleo. O gás encanado, usado pelas famílias de maior renda, terminou 2020 com recuo de 1,29%. O gás veicular fechou o ano passado com alta de 1,66%.

Atualmente, o preço do botijão de 13 kg custa entre R$ 59,99 e R$ 105, com preço médio de R$ 75,04, segundo o levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). No início da pandemia de covid-19, o preço médio estava em R$ 69. 

Em vigor desde 2019, a política atual de preços do gás de cozinha prevê reajustes sem periodicidade definida. O preço está atrelado a dois componentes: dólar e cotação internacional do petróleo. Em 2017, o botijão inicialmente foi reajustado mensalmente, mas passou a ter o preço revisado a cada três meses, numa política que vigorou até o fim de 2018.

 

Queda na demanda

 

A alta no preço do botijão de gás reflete-se no consumo das famílias. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, que tem divulgado relatórios semanais com o consumo de energia e de combustíveis desde o início da pandemia, o consumo do botijão de 13 kg caiu 20% na última semana de dezembro em relação ao mesmo período do ano anterior. A demanda pelo botijão de mais de 13 kg, usado por indústrias, academias, comércio e condomínios, caiu ainda mais: 32,5%.

 

Professor de economia da Fundação Getulio Vargas (FGV), Mauro Rochlin afirma que a redução de demanda pelo GLP é insuficiente para fazer os preços retornarem ao normal. Apesar dos esforços, ele diz que o consumidor tem poder limitado para controlar o preço do gás, diferentemente do que ocorre com alguns alimentos.

 

“O preço do gás de cozinha é determinado por variantes externas, como o dólar e a cotação do petróleo. O petróleo recuperou-se no fim do ano passado depois de experimentar uma queda considerável de preço no início da pandemia. O dólar está atrelado a fatores internacionais e a expectativas sobre a economia brasileira”, explica.

 

Outro fator que dificulta o controle dos preços do gás, explica o professor, é a dificuldade em trocar o GLP por outros produtos. Para escaparem do gás mais caro, as famílias de baixa renda estão recorrendo ao carvão vegetal ou à lenha. As famílias de classe média podem substituir o gás por fogões elétricos e, caso usem o botijão para aquecer a água, podem recorrer à energia solar, mas esses investimentos são caros e exigem tempo.

 

Com informações da Agência Brasil

Embora seja controlado nas refinarias, o preço do gás de cozinha é liberado no varejo. Somente nos últimos 40 dias, a Petrobras promoveu dois aumentos no gás liquefeito de petróleo (GLP): de 5% no início de dezembro e 6% no último dia 6.

Criança de 05 morre atropelada por ônibus em Itajai

Tristeza: Um menino de 5 anos morreu atropelado por um ônibus na noite desta segunda-feira, 11, em Itajaí. Ele estava na bicicleta com o pai na rua Alfredo Eicke, no bairro Barra do Rio. Segundo relatos, pai e filho andavam de bicicleta quando em determinado momento o pai acabou se desequilibrando e a bicicleta caiu no meio da rua. A criança, que estava na cadeirinha, foi atingida por um ônibus que passava na via e não conseguiu desviar. A criança acabou não resistindo aos ferimentos e morreu no local. A Polícia Civil vai investigar o acidente.

 

Jornalismo Nova FM

Três destaques policiais em Rio do Sul nas últimas 24 horas

Três ocorrências policiais movimentaram Rio do sul nesta segunda-feira. A primeira delas foi ao meio dia, o condutor de uma motocicleta foi abordado e durante revista foi localizado um cigarro de maconha. Ele assinou termo circunstanciado. Por volta das 16 horas, um homem de 38 anos que estava com mandado de prisão ativo, foi localizado, preso e levado para o presidio da cidade. Já por volta por volta das 19h, após denúncia de perturbação da tranquilidade, na Rua Valdomiro da Silva, a polícia abordou cidadão de 58 anos que estava com som alto. Segundo denunciante, o homem além do som alto, ainda xinga os vizinhos. Ele assinou termo circunstanciado e deverá comparecer em audiência no juizado especial.

 

Jornalismo Nova FM

Drogas, armas, munição e dois presos em Blumenau

Dois homens – de 20 e 24 anos – e uma mulher foram presos por tráfico de drogas no bairro Velha Grande na tarde desta segunda-feira, 11. Segunda a Polícia Militar, a abordagem foi feita a um dos homens quando ele chegava em casa na rua 4 de agosto, após informações recebidas da central de inteligência. Na casa, os agentes encontraram drogas, um revólver calibre 32 e sete munições. Na sequência, os policiais foram até o local onde a droga teria sido adquirida, uma casa na rua Emilio Wehmuth. O homem que estava na residência tentou fugir e, durante a fuga, arremessou uma caixa sobre um muro vizinho, onde estavam vários tabletes de maconha, uma porção de cocaína, uma balança e um rolo de plástico transparente, um caderno com possíveis anotações do tráfico. Ele e outra mulher que estavam na casa foram presos. Foram apreendidos um total de 3,8 quilos de maconha e 27 gramas de cocaína.

 

Jornalismo Nova FM

Subcategorias

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking