O que se sabe sobre caso de criança que relatou abuso em bilhete em SC

“Me ajuda, eu estou sofrendo abuso sexual do meu pai”. Foi assim que uma menina de 10 anos, moradora de Chapecó, no Oeste catarinense, pediu ajuda para se ver livre de um abuso, que segundo a Polícia Civil ocorria desde o começo do ano. Na quinta-feira (12), o padrasto da criança, um homem de 55 anos, foi preso preventivamente sob acusação de estupro de vulnerável. A mensagem foi entregue pela menina a um monitor do transporte escolar na segunda-feira (9).

O homem acionou a escola, que buscou ajuda do Conselho Tutelar. A polícia também foi comunicada. De acordo com o delegado Éder Matte, responsável pela investigação, a criança vivia com o padrasto e a mãe. A menina afirmou que os abusos já duravam pelo menos 4 meses e que a última situação ocorreu na semana passada. Em depoimento, o homem negou o crime. Já a mãe da criança disse não saber sobre o abuso. Ela prestará um novo depoimento antes da conclusão do inquérito policial. O delegado aguarda a conclusão de laudos periciais para finalizar as investigações. Em caso de violência ou abuso sexual, denúncias podem ser feitas à Polícia Civil por meio do Disque 100 ou pelo 181. A ligação é gratuita e a denúncia anônima.

Fonte: NSC
Link: https://www.nsctotal.com.br/noticias/o-que-se-sabe-sobre-caso-de-crianca-que-relatou-abuso-em-bilhete-em-sc 

Real time web analytics, Heat map tracking