Fez download de imagens pornografia infantil e foi preso

A Polícia Civil indiciou um homem por download e impressão de material pornográfico infantil, em Criciúma. Segundo o delegado Fernando Guzzi, da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), em 2019 foi instaurada sindicância pelo município de Criciúma porque foram localizadas por outros servidores fotografias de crianças nuas no posto de trabalho de um servidor de órgão municipal.

A DPCAMI recebeu cópia do processo em 2020. Houve a realização de perícia no microcomputador e o cumprimento de busca e apreensão na residência do investigado, que é servidor público municipal. Foram comprovados acessos a sites de pornografia infantil no computador do órgão público onde o investigado trabalhava. Algumas fotografias foram impressas.

Nos dispositivos eletrônicos apreendidos em sua residência também foi identificado acesso a material de pornografia infanto-juvenil. O servidor responderá por crime de aquisição de pornografia infantil, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, com pena de até 4 anos. A Polícia Civil ainda realizou investigações no círculo familiar do investigado a fim de descartar a possível prática de crimes sexuais contra vulneráveis. O setor de psicologia da Delegacia de Polícia realizou acolhimento e atendimento psicológico com orientação à família.

 

Jornalismo Nova FM

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking