Mulher diz que vai disseminar coronavírus e tem prisão domiciliar decretada.

A Justiça de Santa Catarina decretou prisão domiciliar para uma mulher que testou positivo para coronavírus e para seus familiares, em São João do Sul, no Sul do Estado. O motivo é que ela falou que não cumpriria isolamento e se pudesse iria transmitir o vírus para toda cidade que tem pouco mais de sete mil habitantes. Os moradores, assustados, denunciaram a mulher a secretaria de saúde que repassou ao Ministério Público de Santa Catarina, e após manifestação do MPSC, a Justiça determinou a prisão de toda a família - mãe, pai e filho. Com isso, foi determinado aos três familiares que ficassem dentro de casa por 14 dias, saindo, somente em caso de eventual emergência médica, sob pena de crime de desobediência à ordem legal. A alimentação de toda a família foi fornecida no endereço em que residem, pela prefeitura municipal.

 

Jornalismo Nova Fm

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking