Alunos de Rodeio irão participar da Feira Nacional de Matemática no Estado do Acre

RODEIO – Um grupo de alunos da Rede Municipal de Ensino de Rodeio das escolas Santo Antônio e Professora Luigia Margherita Vota Ferrari irão participa da  Feira Nacional de Matemática que ocorrerá no estado do Acre, na capital Rio Branco nos dias 23/05 a 25/05 e Rodeio contará com a participação de dois projetos que foram classificados na etapa estadual.

OS TRABALHOS

O primeiro trabalho classificado para para a Feira Nacional é da Escola Básica Municipal Santo Antônio, com a turma do 5º ano, os alunos que irão representar nosso município serão os Alunos: Gian Eduardo Alves, Mikaela Luisa Marcelino Fernandes, juntamente com a Professora Jordana Pezzini. O projeto tem como tema: Abobomática com o objetivo geral demonstrar o valor nutricional da abóbora, bem como promover a importância do cuidado das hortaliças na escola e em casa.

Além de ampliar e construir noções de medidas e grandezas, instrumentos de medida e unidade de medida através das receitas, medidas padronizadas e não padronizadas, noções de medida de comprimento, superfície, diâmetro, raio, circunferência, volume e massa, analisar frações e suas equivalências através dos gomos da abóbora, noção de ângulos e reforçando as quatro operações fundamentais, explorando o poder nutritivo da abóbora e seus benefícios para a saúde, formulando e interpretando tabelas e gráficos comparativos da evolução das sementes da abóbora.

Já o segundo trabalho que irá representar nosso município é da Escola Básica Professora Luigia Margherita Vota Ferrari, com a turma do 5º ano, como aluno Guilherme Henrique Janke, juntamente com a Professora Graciela Cristina Sevegnani Girardi. O projeto tem como objetivo geral reaproveitar as sobras de arroz, bem como valorizar a cultura local dando destaque a agricultura familiar, e a produção do arroz irrigado com baixo impacto ambiental.

No decorrer do projeto se prioriza a compreensão dos conceitos matemáticos, inserindo a criança nas práticas sociais da leitura e da escrita (letramento) de acordo com as demandas do cotidiano que envolvem a matemática (numeralização) numa perspectiva de interdisciplinaridade.

Assim, o trabalho faz com que os alunos se motivem e incentivem seus familiares a reaproveitarem os restos dos alimentos, proporcionando uma economia no orçamento, além de conhecerem a história do arroz no município, bem como valorizarem a agricultura familiar, mantendo o foco na preservação do meio ambiente.

A viabilidade desta viagem só foi possível com uma parceria entre prefeitura, câmara de vereadores, escolas e APP´s que forneceram subsídios para as despesas referentes às passagens aéreas e estadia dos alunos professores e mães.

Um momento único para nosso município tendo em vista que são os primeiros trabalhos classificados para uma Feira Nacional de Matemática.

Ao Vivo no Facebook

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking