Notícias

ANUNCIE SEU ESTABELECIMENTO AQUI , CHAME NO WHATSAPP 47 3333-4320

Mais de 20 mil maços de cigarros contrabandeados são apreendidos em SC

Na segunda-feira (04), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 23 mil maços de cigarros contrabandeados durante duas ocorrências na BR-282, nas regiões do oeste e meio-oeste de Santa Catarina. No total, três pessoas foram presas. A primeira apreensão foi em Joaçaba, quando os policiais deram ordem de parada a um Fiat/Uno com placas de Novo Hamburgo (RS), mas o condutor, gaúcho de 30 anos, não obedeceu e fugiu. Ele foi abordado alguns quilômetros à frente após perder o controle do veículo.

As caixas de cigarro, que totalizaram 20 mil maços, estavam espalhadas pelos bancos traseiros e dianteiro do veículo. Além disso, um rádio comunicador foi localizado escondido no painel. Já durante a noite, outros 3.500 mil maços foram apreendidos com um casal, de 42 e 40 anos, em Xanxerê. Os cigarros foram localizados em um Onix com placas de Chapecó. Em ambas as apreensões, a mercadoria foi levada ao depósito da Receita Federal. Já os três presos foram encaminhados à Polícia Federal. Eles responderão por contrabando.

Fonte: SCC10
Link: https://scc10.com.br/seguranca/mais-de-20-mil-macos-de-cigarros-contrabandeados-sao-apreendidos-em-sc/

Suspeita de matar o filho recém-nascido e jogar o corpo fora é presa

Policiais civis prenderam uma mulher investigada pela morte do próprio filho recém-nascido que foi jogado ainda com vida em uma área de mata. O caso aconteceu no município de Rio do Oeste, no Vale do Itajaí, em 24 de junho, e a prisão foi feita na última segunda-feira (4).

A mulher começou a ser investigada após dar entrada em um hospital com a placenta nas mãos, alegando que havia perdido a criança. Em seguida, revelou que o bebê nasceu morto e que jogou o corpo em um saco e descartou na mata.

A Polícia Civil de Rio do Oeste fez buscas e encontrou o saco no local indicado. Em seguida, houve a prisão em flagrante da mulher, liberada em seguida após pagamento de fiança. O nome dela não foi informado pela corporação.

Análise da Polícia Científica constatou que o bebê nasceu ainda com vida. A causa da morte foi identificada como hipotermia e parada cardiorrespiratória. A descoberta resultou no pedido de prisão preventiva por homicídio concedido pela Justiça.

Após a nova detenção, a mulher ficou em silêncio. A Polícia Civil ainda aguarda laudos técnicos para concluir as investigações. Entre os fatos a serem comprovados está a idade gestacional do feto.

"Caso haja indícios de que a investigada teve a intenção de matar o recém-nascido e ocultar o corpo, poderá responder pelos crimes de ocultação de cadáver e homicídio doloso. A pena do crime de ocultação de cadáver é de reclusão, de um a três anos, e multa; a do crime de homicídio doloso qualificado é de reclusão, de doze a trinta anos, aumentada de um terço, em razão da idade da vítima", declarou o delegado Daniel Zucon.

Fonte: NSC

Instagram fica parcialmente fora do ar nesta terça-feira

Instagram está apresentando problemas nesta terça-feira (5) - sim, mais uma vez. De acordo com os relatos dos usuários em redes sociais, o serviço está apresentando problemas nas mensagens diretas, impedindo o envio e a visualização das conversas pelo chat da plataforma. As queixas foram compartilhadas no Twitter. As reclamações tiveram início na hora do almoço. Como é possível ver pelo pico de reclamações no DownDetector, site que monitora o funcionamento dos principais serviços online, o Instagram começou a apresentar os problemas a partir de 12h05.

O Instagram vem encarando uma fase conturbada nos últimos dias em termos de estabilidade. Em 23 de junho, usuários da plataforma reclamaram de uma falha que apagava os stories tanto no Android quanto no iPhone (iOS). Depois, no dia 28, o aplicativo ficou sem carregar as publicações efêmeras e deixou de exibir o feed. Procurado pelo Tecnoblog, um porta-voz da Meta confirmou a instabilidade ocorrida em suas plataformas nesta terça-feira (5). Confira o posicionamento na íntegra:

Fonte: Terra
Link: https://www.terra.com.br/byte/instagram-fica-parcialmente-fora-do-ar-nesta-terca-feira,460cb0184a2178a30bd4f400163d95e6smbogae7.html 

Dólar volta a fechar em alta com temores de recessão

dólar fechou em alta nesta terça-feira (5), com investidores do mundo inteiro fugindo para ativos seguros diante de temores generalizados de recessão. A moeda norte-americana subiu 1,21%, vendida a R$ 5,3893. Veja mais cotações.

Na máxima da sessão, foi a R$ 5,4035. Com a alta desta terça, o dólar renovou o maior patamar desde 28 de janeiro deste ano (R$ 5,39). Na segunda-feira, o dólar fechou em alta de 0,08%, a R$ 5,3251. No acumulado do mês, já subiu 2,99%. No ano, ainda tem desvalorização de 3,33% frente ao real.

Fonte: G1
Link: https://g1.globo.com/economia/noticia/2022/07/05/dolar.ghtml

Homem invade casa pelo assoalho e mantém ex-namorada em cárcere privado no RS


Um homem de 37 anos invadiu a casa da ex-namorada pelo assoalho do imóvel e a manteve em cárcere privado por cinco dias em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul.

Ele foi preso em flagrante na noite de segunda-feira, dia 4, de acordo com a Polícia Civil.

De acordo com o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, a mulher, de 49 anos, contou à polícia que, na última quinta-feira, dia 30, o suspeito invadiu a residência quando ela não estava em casa, na linha Mariante.

Quando chegou, foi rendida pelo ex-companheiro e ameaçada de morte, segundo o delegado.

Ela foi impedida por ele de sair de casa até esta segunda-feira, quando a Brigada Militar (BM) recebeu uma denúncia de violência doméstica por parte da mãe da mulher e foi até o local.

Ela disse que só conseguiu entrar em contato com a mãe por um descuido do suspeito.

Conforme Assunção, o homem é uma "pessoa perigosa e ostenta vasto cardápio de antecedentes policiais".

Conforme a BM, o suspeito estava assistindo televisão sentado em um sofá quando os policiais entraram na casa. Junto dele, estavam um facão e uma foice, armas que foram apreendidas.

Ele recebeu voz de prisão, foi levado para a delegacia, e em seguida, para o presídio.

O suspeito deve responder pelos crimes de cárcere e dano qualificado, pois quebrou o assoalho da casa mulher.

O delegado também pediu à Justiça a conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva, como forma de garantir a segurança da mulher.

Fonte: Oeste Mais

Real time web analytics, Heat map tracking