Esportes

Tite convoca seleção brasileira para três jogos pelas eliminatórias da Copa do Mundo

O técnico Tite convocou na manhã desta sexta-feira, dia 13, um grupo de 25 jogadores para os três próximos jogos da seleção brasileira de futebol nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

No próximo dia 2 de setembro o Brasil vai enfrentar o Chile, em Santiago. No dia 5 terá clássico contra a Argentina, na Neo Química Arena, em São Paulo. O terceiro jogo está marcado para o dia 9, contra o Peru, na Arena Pernambuco, no Recife.

A novidade na lista fica por conta da convocação de Lucas Veríssimo, Claudinho e Raphinha, que terão suas primeiras oportunidades na equipe principal. O grupo conta com seis atletas que foram campeões olímpicos em Tóquio: além do próprio Claudinho, os laterais Daniel Alves e Guilherme Arana, o meio-campista Bruno Guimarães e os atacantes Matheus Cunha e Richarlison.

Jogadores convocados:

▪ Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

▪ Zagueiros: Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (PSG), Éder Militão (Real Madrid), Lucas Veríssimo (Benfica)

▪ Laterais: Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Guilherme Arana (Atlético-MG), e Daniel Alves (São Paulo);

▪ Meio-campistas: Bruno Guimarães (Lyon), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Claudinho (Zenit), Éverton Ribeiro (Flamengo), Lucas Paquetá (Lyon)

▪ Atacantes: Neymar (PSG), Firmino (Liverpool), Matheus Cunha (Hertha Berlin), Raphinha (Leeds), Gabriel Jesus (Manchester City), Richarlison (Everton), Gabigol (Flamengo).

O Brasil é o líder das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. A seleção tem 18 pontos conquistados, com seis jogos e seis vitórias – 100% de aproveitamento.

Fonte: Oeste Mais

Lionel Messi chega a Paris para assinar contrato com o PSG

Falta pouco para Lionel Messi ser jogador do PSG oficialmente. Após o pai e empresário do jogador, Jorge Messi, confirmar o acerto com o clube francês, o atacante viajou para a França junto com sua esposa, Antonella, e seus três filhos. O avião do craque pousou no aeroporto de Le Bourget, em Paris, às 10h34 (de Brasília). Ao aparecer diante do público que o aguardava no local, o astro acenou, usando uma camisa com o lema do clube no peito: "Isso é Paris".

Agora, ele passará por exames médicos antes de assinar contrato. Sua apresentação deve ocorrer na quarta-feira - o clube marcou uma entrevista coletiva para as 6h (de Brasília). De acordo com a imprensa espanhola, Messi usará a camisa 30 no novo clube, o mesmo número que usou quando estreou profissionalmente no Barcelona em 2004. Assim, Neymar continuaria sendo o dono da 10 parisiense.
 
O anúncio oficial da contratação pelo PSG deve ocorrer nas próximas horas. Inclusive, o clube começou a fazer mistério em suas redes sociais, postando um vídeo com sombras, mas diversas referências ao astro - camisa 10, bandeiras da Argentina e de Rosário, Bolas de Ouro - além da expressão "novo diamante".

De acordo com o jornalista Fabrizio Romano, Messi fechou um contrato de dois anos com o PSG, tendo a opção de renovar por mais uma temporada, até o meio de 2024. Seu salário rondaria os 35 milhões de euros (R$ 214 milhões) líquidos por temporada, com bônus incluídos - isso o deixaria no nível dos vencimentos do futuro companheiro Neymar no elenco.

Por GE

Brasil está na final do vôlei feminino nas Olimpíadas após vencer Coreia do Sul

A seleção brasileira feminina de vôlei venceu a equipe da Coreia do Sul por 3 sets a 0 nas Olimpíadas de Tóquio no jogo desta sexta-feira (6) e está na final. O time do Brasil segue invicto na competição e vai em busca do ouro.  

Essa foi a segunda vez que a equipe brasileira enfrentou a seleção da Coreia do Sul na competição e não teve dificuldade para conseguir a vitória. Antes da semifinal, os dois times haviam se enfrentado no primeiro jogo das Olimpíadas, na fase de grupos. 

A catarinense de Nova Trento, Rosamaria Montibeller, 27 anos, que se destacou no jogo de quartas contra a Rússia, ao entrar em quadra no momento crítico para o Brasil, dessa vez começou como titular e mais uma vez mostrou sua garra e talento. 

Invicta na competição, a equipe brasileira vai disputar o ouro contra os Estados Unidos. A final acontece na madrugada neste domingo (8), a 1h30. 
 
Brasileira cai no antidoping
 
O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou na noite desta quinta-feira, manhã de sexta no Japão, a suspensão provisória da oposta da seleção brasileira de vôlei feminino, Tandara, reprovada em um exame antidoping realizado no mês passado. 

No comunicado do COB, a informação é de que a atleta de 32 anos violou a regra de antidopagem da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), em exame realizado no dia 7 de julho, no centro de treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), em Saquarema.

A jogadora retorna ao Brasil já nesta sexta-feira.
 
Fonte: NSC

Brasil vence Rússia de virada no vôlei feminino e avança à semifinal das Olimpíadas

A seleção brasileira feminina de vôlei venceu a equipe do Comitê Olímpico Russo (ROC) no jogo de quartas de final das Olimpíadas de Tóquio nesta quarta-feira (4). Com a vitória, o time conquistou uma vaga na semifinal e vai encarar a Coreia do Sul.

Após perder o primeiro set e começar o segundo atrás no placar, a seleção brasileira conseguiu virar o jogo e empatar o placar. No terceiro e quarto set, o Brasil dominou a partida e aproveitou os erros da Rússia para vencer a partida por 3 sets a 1. 

A atuação da catarinense de Nova Trento, Rosamaria Montibeller, 27 anos, foi destaque na partida. A oposta/ponteira da seleção brasileira se destacaou com sua atitude enérgica ao entrar no momento crítico do segundo set e foi fundamental para a virada, ao lado de Macris.

— Olhando de fora eu tava observando as meninas pra ver o que precisava fazer. Então graças a Deus quando entrei, consegui me manter concentrada pra ganhar a partida — disse Rosamaria em entrevista à TV Globo.

O Brasil, que segue invicto na competição, vai enfrentar a Coreia do Sul em busca de uma vaga na grande final do vôlei feminino. Os dois times se enfrentaram no primeiro jogo das Olimpíadas, com vitória da equipe brasileira. A data da partida da semifinal ainda será definida.

Fonte: NSC

Tóquio: Brasil perde para a França e está eliminado no handebol feminino

O Brasil está eliminado do handebol feminino nas Olimpíadas de Tóquio 2020. No início da madrugada desta segunda-feira (começo da tarde no Japão), as brasileiras foram derrotadas pela França, atuais vice-campeãs olímpicas, por 29 a 22 em partida pela última rodada do Grupo B. 

Alê anotou seis gols e foi a destaque do Brasil em quadra. Adriana (4), Bruninha (4), Larissa (3), Samara (2), Patrícia (2) e Babi (1) marcaram os outros tentos da seleção brasileira contra as francesas. Assim, a catarinense de Blumenau, Duda Amorim, se despede de Tóquio 2020 sem medalha.

Após começar bem com empate diante da Rússia, atual campeã olímpica, e vitória sobre a Hungria, o Brasil sofreu a terceira derrota seguida (Espanha, Suécia e França). Com três pontos, as brasileiras podiam empatar para avançar às quartas de final.​
 
Fonte: NSC

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking