Esportes

  

 

 

 

Campeonato Catarinense - Brusque vira sobre o Criciúma e deixa a zona de rebaixamento

O encontro entre Criciúma e Brusque, finalistas da última edição do Campeonato Catarinense, terminou com a vitória do Quadricolor, por 2 a 1, no Estádio Heriberto Hülse. Claudinho colocou a equipe da casa em vantagem na noite desta quinta-feira, mas Rodolfo Potiguar e Candelo com gol contra, definiram a virada dos comandados de Luizinho Lopes na partida válida pela oitava rodada.

Com a vitória, o Brusque chegou aos 10 pontos e subiu para a sétima colocação. Já o Criciúma manteve os 18 e também a liderança isolada do torneio. Na próxima rodada, a nona do Catarinense, as duas equipes entram em campo no domingo, 18 de fevereiro.

Às 17h (de Brasília), o Criciúma visita o Inter de Lages no Estádio Vidal Ramos Júnior, o Tio Vida. Um pouco mais tarde, às 18h (de Brasília), o Brusque recebe o Hercílio Luz no Estádio das Nações.

Fonte: GE 
https://ge.globo.com/sc/futebol/campeonato-catarinense/jogo/15-02-2024/criciuma-brusque.ghtml 

Criciúma líder e classificado, mas burocrático

O Criciúma venceu mais uma, segue líder do campeonato e com 15 pontos e, pelo histórico deste modelo de primeira fase, é o primeiro classificado para o mata-mata do Catarinense 2024. Com 12 times e a fórmula atual, os oitavos colocados de 2021, 2022 e 2023, tiveram 11, 12 e 12 pontos, respectivamente. 

São cinco vitórias em seis partidas e quando perdeu, o goleiro adversário (Belliato do Marcílio Dias) fez milagres em campo. O Tigre confirma o que se esperava dele desde o início da competição. Mas não fez boa partida contra o Barra. Já não tinha sido bom o jogo contra o Nação.

A equipe domina, mas não tem aquele ímpeto de definir, de fazer mais gols. Pela qualidade que tem, se acomoda com resultados e com a própria posse de bola. O Criciúma atual está burocrático. Faz as vitórias, mas sem brilho. Vem aí uma sequência de grandes jogos.

O Tigre tem o Avaí na segunda-feira e depois o Brusque, e ainda vai encarar a Chapecoense na rodada final da primeira fase. Então, esse Criciúma burocrático vai ter que ficar pra trás. Mesmo classificado, agora vai ser mais exigido e testado.

Fonte: NSC /  (Foto: Celso da Luz, Criciúma EC)
https://www.nsctotal.com.br/colunistas/faraco/criciuma-lider-e-classificado-mas-burocratico 

Menos de 1 mês após vexame na Copa do Mundo Feminina, CBF demite Pia Sundhage

Foto: Thais Magalhães/CBF/ND

Fim da linha! Após a campanha ruim na Copa do Mundo, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou nesta quarta-feira (30) a demissão da técnica Pia Sundhage. A treinadora sueca havia assumido a Seleção Feminina em julho de 2019.

A saída da treinadora acontece após a péssima campanha do Brasil no Mundial. A Seleção caiu ainda na primeira fase em grupo com França, Jamaica e Panamá.

A campanha foi a pior do Brasil em Mundiais em 28 anos. Vale ressaltar que a eliminação também marcou a última Copa do Mundo de Marta.

Quero agradecer a ela [Pia] e a todos aqueles que conviveram e fizeram parte da comissão técnica da Seleção Brasileira Feminina de Futebol, que participou da Copa do Mundo Feminina”, declarou o presidente da entidade máxima do futebol brasileiro, Enaldo Rodrigues.

Pia trouxe também, nesse período de 2019 até aqui, um trabalho que, para a CBF e para o futebol brasileiro como um todo, foi muito importante. Desejamos a ela, em seus novos desafios, todo o sucesso”, completa.

Nos próximos dias, a CBF irá anunciar a nova comissão técnica, que iniciará o ciclo visando os Jogos Olímpicos Paris 2024 e a próxima Copa do Mundo de Futebol Feminino.

Fonte: ND+

Técnico rebaixado na Série C será auxiliar da Seleção nas Eliminatórias da Copa

Foto: Agência Brasil/Divulgação

Interino da seleção brasileira, Fernando Diniz chamou Dado Cavalcanti, de 42 anos, para ser um de seus auxiliares nos primeiros dois jogos das Eliminatórias, contra Bolívia e Peru. O treinador do América-RN acabou de ser rebaixado na Série C, com o 18º lugar entre 20 clubes.
Dado Cavalcanti recebeu o convite antes da queda, há aproximadamente um mês. A informação foi inicialmente divulgada pela Rádio 96FM, de Natal.

Ele se juntará aos auxiliares Eduardo Barros e Wagner Bertelli, além do preparador físico Marcos Seixas, da que também fazem parte da comissão técnica do Fluminense. A ideia é promover um rodízio de profissionais na comissão de Diniz, durante o período em que ele comandará a seleção brasileira.
Diniz e Dado foram colegas em cursos para técnicos da CBF, em Teresópolis. O agora auxiliar tem contrato com o América-RN até novembro, mas sem mais jogos no calendário, e se apresentará no Rio após resolver questões burocráticas com o ex-clube.
Com 19 clubes no currículo, Dado Cavalcanti teve como destaque com trabalhos por Bahia, Náutico, Ceará, Vitória e Paysandu. No América-RN, ele amargou o segundo rebaixamento (o outro foi na Série B em 2010, quando tinha 29 anos).

Em 2023, foram sete partidas no comando da equipe, com quatro empates, duas derrotas e uma vitória.

Fonte: O Dia

Seis jogadores do elenco do Fluminense encerram contrato em 2023

 

Dos cerca de 30 atletas do plantel tricolor, seis deles vivem seus últimos meses de contrato em vigor com o Fluminense com futuros indefinidos. Alternando entre titulares, reservas e "esquecidos". A temporada vai se afunilando e o Fluminense chega à uma época de decisões, tanto em campo, quanto fora dele. Dois titulares de Fernando Diniz possuem contrato com o clube até o fim de 2023, coincidentemente, os mais velhos do elenco: Fábio e Felipe Melo. Além destes, Lelê, bastante utilizado no ano, também possui vínculo por apenas mais quatro meses.

Há também a ala dos "esquecidos" no plantel, que consta com três jogadores que não devem continuar no clube para 2024: Giovanni Manson, Caio Vinícius e Jorge. Juntos, os três possuem menos de sete partidas no ano, e foram preteridos muitas vezes por atletas improvisados na posição, o que demonstra a falta de confiança do técnico. Confira a situação detalhada de cada um:

Fábio (42)

Um dos destaques do Fluminense na temporada e considerado por muitos o melhor jogador do elenco no ano, o goleiro Fábio possui contrato apenas até o fim de 2023. Mesmo possuindo uma idade elevada para os padrões do esporte, o clube já formalizou proposta de renovação por mais dois anos, até 2025. A tendência é de que o arqueiro aceite e encerre a carreira no tricolor.

Felipe Melo (40)

Volante de origem, Felipe Melo recuou e passou a ser titular na zaga junto a Nino, contando com grande confiança de Fernando Diniz para desempenhar a função, e mesmo com a chegada de Marlon continua no posto. Por também ter uma idade alta, a diretoria ainda não se manifestou para renovação de contrato, e há bastante calma para isso, já que Felipe deve encerrar sua carreira no clube.

Lelê (25)

Destaque e vice-artilheiro do Campeonato Carioca deste ano, o atacante Lelê foi muito disputado por Vasco e Fluminense, e acabou acertando sua ida ao tricolor. De lá pra cá, atuou em 17 dos 19 jogos do Brasileirão e em 6 partidas da Libertadores; sua utilidade é muito bem vista por Diniz. Para renovar o contrato de Lelê, o Fluminense precisará desembolsar R$ 4 milhões por 80% do passe do jogador ao Itaboraí Profute.

Giovanni Manson (21)

Sem atuar há três meses, Giovanni foi achado nas categorias de base do Ajax, da Holanda, mas até aqui não vingou no Fluminense. O jovem meio campista foi utilizado por Diniz no início do Campeonato Carioca e teve atuações razoáveis, mas desde então praticamente não entra mais. Vale lembrar que Giovanni não tem mais ligação com o Ajax, então caso o tricolor queira renovar, será sem custos.

Jorge (27)

Contratado no início do ano para sanar o "fantasma" da lateral esquerda, Jorge teve bastante azar no Fluminense. Após poucos jogos no Carioca, o camisa 6 se lesionou gravemente no joelho em um treinamento em Março, e até hoje não tem sequer previsão de volta. Além disso, enquanto se recuperava, Jorge foi visto por tricolores em bares e baladas supostamente bebendo álcool, o que irritou a torcida que já não tinha muito afeto, com razão. O lateral não seguirá no clube em 2024.

Caio Vinícius (24)

Um dos casos mais misteriosos do Fluminense em 2023, Caio Vinícius simplesmente não dá nenhum sinal de que voltará a vestir a camisa do clube, porém, também não é negociado. Além de não treinar com o grupo, o volante - que fez boa temporada no Goiás em 2022 - não aparece em nenhuma postagem em redes sociais. Caio chegou a ser procurado pelo Internacional no início do ano, mas o negócio não foi pra frente. É mais um que deve dar adeus ao tricolor no fim desta temporada.

Fonte: Terra / https://www.terra.com.br/esportes/fluminense/seis-jogadores-do-elenco-do-fluminense-encerram-contrato-em-2023-confira-a-situacao-de-cada-um,e2e0add7164339d9ce06558953a32053tpi5rygn.html 
Foto: Mailson Santana / Esporte News Mundo

 

 

Resultado Loterias

Trânsito ao Vivo

Ponte Ministro Victor Konder

 

 

Real time web analytics, Heat map tracking
ANTES DE PROSSEGUIR:

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao ACEITAR, você continua navegando em nosso site e terá acesso a todas as funcionalidades. Caso deseje um controle maior sobre sua navegação, acesse nosso artigo GERENCIAR COOKIES.
Para saber mais sobre como tratamos seus dados, acesse nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE.
Para conhecer de forma completa como lidamos com seus dados, acesso o menu LGPD no topo da página.