De volta à Seleção, Fabinho admite que mudança de posição lhe afastou da Copa

ESPORTES- Foram dois anos de espera por uma nova oportunidade. E ela surgiu logo no início do ciclo da Seleção de olho na Copa do Mundo do Catar. Agora, o discurso de Fabinho é claro: chegou a hora de agarrar a oportunidade e se firmar. Mesmo que não seja na posição que vem jogando regularmente desde 2016. Hoje volante no Liverpool, o jovem de 24 anos será titular na lateral direita da Seleção no amistoso contra os Estados Unidos, na próxima sexta-feira, em Nova Jersey.

Fabinho ainda não tinha sido chamado por Tite, mas jogar pelo lado direito do campo não chega a ser uma novidade: ele surgiu na base do Paulínia e do Fluminense jogando nessa posição e todas as suas convocações para a Seleção foram como lateral. Foi no Monaco, há dois anos, que virou volante. Mudança essa que ele admite ter sido um dos fatores que lhe afastou do Mundial da Rússia.

- Mas existem outros fatores também. A Seleção estava jogando muito bem, fez uma reta final de eliminatórias excelente, o grupo era muito bom, o treinador não trocava muitos jogadores, tinha seus homens de confiança e estava dando certo. Era difícil entrar naquela seleção, mas talvez a mudança tenha ajudado também - disse em entrevista ao GloboEsporte.com

Fonte:Globo.com

JORNAL NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking