Os atletas mais bem pagos do mundo



1. Lionel Messi, US$ 130 milhões (R$ 667,86 milhões)

Lionel Messi tinha apenas 17 anos quando começou a vestir a camisa principal do Barcelona, ​​então foi mais do que um pouco chocante quando, após 17 temporadas, ele deixou a única casa profissional que ele conheceu para se transferir para Paris Saint-Germain em agosto passado.  Mas esta temporada marcou um retorno ao território familiar para a estrela do futebol de 34 anos. Com US$ 130 milhões (R$ 667,86 milhões) em ganhos brutos antes dos impostos nos últimos 12 meses, Messi ocupa o primeiro lugar no ranking anual da Forbes. Embora a Forbes estime que o salário de Messi tenha caído cerca de US$ 22 milhões (R$ 113,02 milhões) em relação ao seu último ano com o Barcelona (para US$ 75 milhões, ou R$ 385,30 milhões nesta temporada no PSG).

2. LeBron James, US$ 121,2 milhões (R$ 621 milhões)

O Los Angeles Lakers do americano LeBron James perdeu os playoffs nesta temporada, mas o jogador nunca foi tão dominante fora de quadra. Ele estrelou no ano passado “Space Jam: Um Novo Legado” e recentemente mudou seu talk show, “The Shop”, da HBO para o YouTube. Em outubro, ele vendeu uma participação minoritária significativa na SpringHill – a produtora por trás dos dois projetos – por uma avaliação de cerca de US$ 725 milhões (cerca de R$ 3 bilhões), elevando seu patrimônio líquido para US$ 850 milhões (cerca de R$ 4 bilhões)

3. Cristiano Ronaldo, US$ 115 milhões (R$ 589 milhões)

Tal como o seu rival Lionel Messi, Cristiano Ronaldo teve uma primeira temporada decepcionante com a sua nova equipe, com o Manchester United na sexta posição da Premier League a um jogo do fim. Há rumores de que Ronaldo, que já jogou pelo Man U de 2003 a 2009, pode estar se preparando para mudar novamente na janela de transferências deste verão. Grande parte do poder de ganho de Ronaldo vem de sua enorme presença nas mídias sociais: ele tem 690 milhões de seguidores no Instagram, Facebook e Twitter.

4. Neymar, US$ 95 milhões (R$ 486 milhões)

Neymar marcou seu 400º gol na carreira em novembro, mas, como Lionel Messi, foi atingido por críticas após a saída antecipada do Paris Saint-Germain da Liga dos Campeões. Sua atenção agora se voltará para a Copa do Mundo no Catar em dezembro, que ele disse que poderia ser a sua última. Fora de campo, ele tem um valioso conjunto de patrocínios, incluindo Puma e Red Bull, e é tema de uma nova série documental da Netflix,

Fonte: Forbes
Link: https://forbes.com.br/forbes-money/2022/05/os-dez-atletas-mais-bem-pagos-do-mundo-em-2022/?utm_source=terra_capa_esportes&utm_medium=referral

 

 

 

 

Real time web analytics, Heat map tracking