Mano lamenta Cruzeiro ter sofrido gols de início de temporada em derrota para o Ceará

ESPORTES - Contra a Chapecoense, no último domingo , o Cruzeiro fez 3 a 0 no primeiro tempo, no Independência, e resolveu a partidaesta quarta-feira, contra o Ceará, em jogo atrasado da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, a atuação cruzeirense foi completamente diferente.

A Raposa jogou mal, errou muitos passes e acabou derrotada por 2 a 0. O técnico Mano Menezes não gostou nada disso, principalmente pela forma como a defesa sofreu os gols, no que resumiu comparando com tentos que geralmente as equipes sofrem no início de temporada.

 Você não perde, seu adversário tem mérito de aproveitar uma noite que o Cruzeiro não jogou bem. Teve dificuldades para criar, mesmo assim teve duas chances no primeiro tempo, na minha opinião. Tomamos dois gols que não dá para tomar em outubro, mas sim em janeiro, no início de fevereiro. Posicionamento mal colocado, jogadores de última função de rebote... Essas coisas custam caro. E aí está o mérito do outro lado. Pagamos um preço duro, fica um gosto amargo. Vamos aproveitar esse gosto amargo para o jogo de sábado, contra o Paraná, para não perder mais, principalmente dentro de casa.

Sobre a ausência de Arrascaeta e a entrada de Rafinha, e também Manoel no lugar de Dedé, o treinador foi perguntado se isso poderia ter ajudado para uma atuação diferente do Cruzeiro. E foi bem sincero na resposta.

- Função é função. Se a cada alteração na equipes nós deixarmos de fazer a função, aí está errado. A concentração tem que ter. Isso (erros) já aconteceu diante da Chapecoense. É que lá nós ganhamos de 3 a 0. Mas se olharmos, o Fábio fez três grandes defesas. Tem a ver com a comemoração, um certo relaxamento, o que não combina com o jogo competitivo. O Campeonato Brasileiro é muito difícil de jogar.

Fonte:Globo.com

JORNAL NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking