Ex-atleta do Blumenau diz que três jogos teriam sido vendidos na Série B e detalha o suposto esquema

BLUMENAU - Um esquema de venda de resultados teria manipulado o placar de pelo menos três jogos do Blumenau Esporte Clube na Série B do Campeonato Catarinense deste ano. As partidas seriam as derrotas para o Barra no primeiro turno (3 a 1), para o Camboriú no segundo turno (6 a 1), e para o Fluminense na reta final do campeonato (3 a 0).

Um relato exclusivo feito por um ex-atleta do clube à reportagem do Santa aponta que um investidor ligado ao futebol teria comprado jogadores para garantir que placares jogados em sites de apostas se concretizassem dentro de campo. O esquema visava favorecer apostadores internacionais que, conforme a informação do jogador, seriam os financiadores.

Segundo o ex-jogador do Blumenau, cada atleta recebia R$ 3 mil até dois dias depois do jogo caso o resultado combinado se confirmasse.

Segundo ele, pelo menos seis atletas teriam participado do esquema. Outros dois sabiam das conversas para manipulação de resultados, mas não aceitaram participar. Ainda segundo o relato à reportagem, um jogador seria o responsável por aliciar os atletas, orientá-los quanto ao placar e distribuir os pagamentos. Ele seria vinculado a um investidor, que chegou a acompanhar uma das partidas da arquibancada.

Ainda conforme o ex-atleta do clube, nem sempre os acordos se referiam ao resultado final da partida, mas também poderiam envolver o resultado do primeiro tempo ou a quantidade de gols em um determinado período do jogo. Um ex-empresário, que agenciava o atleta apontado como responsável por envolver os demais jogadores, foi ouvido pela reportagem e confirmou que soube da suposta manipulação de resultados justamente no dia em que o jogador – na época estava afastado do grupo – e esse investidor assistiram juntos à partida.

– Eu falei para ele: "sai disso. Vai dar errado".

De acordo com a diretoria e comissão técnica do Blumenau, há suspeita de que a manipulação tenha continuado durante a Copa SC. A Federação Catarinense de Futebol (FCF) chegou a receber uma denúncia a respeito do assunto quatro dias antes de iniciar a competição.

JORNAL NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking