Entrevistas

Oito das 10 regiões de SC estão com falta de chuva desde 2019

Desde maio de 2019, grande parte de Santa Catarina tem registrado chuva abaixo do esperado. Conforme dados da Epagri/Ciram, oito das 10 regiões do Estado estão com acumulado negativo, comparado à média histórica, o que coloca algumas áreas em estado de alerta para estiagem.

O Meio-Oeste é a região mais seca, com 1.158 milímetros negativos de chuva esperada, entre maio de 2019 e julho de 2021. As outras regiões com acumulado negativo são Oeste, Extremo-Oeste, Planalto Sul, Planalto Norte, Vale do Itajaí, Litoral Sul e Grande Florianópolis serrana.

Apenas a região litorânea da Grande Florianópolis e o Litoral Norte do Estado têm saldo positivo de precipitação no período. 

Efeitos da estiagem 

Conforme Guilherme Miranda, pesquisador de hidrologia da Epagri/Ciram, a falta de chuva preocupa, pois a primavera deve continuar seca, afetando a disponibilidade de água para as atividades econômicas, para o abastecimento público e para consumo dos animais. Para ele, Santa Catarina vive uma situação atípica. 

— A maior preocupação na área agropecuária seria a dessedentação de animais, principalmente na região do Extremo-Oeste, Oeste e Meio-Oeste, na bovinocultura de leite, suinocultura e avicultura. No litoral Sul e Vale de Itajaí, a preocupação é ter água para atender às necessidades das plantações de arroz irrigado, pois a fase é de preparação do solo e início do plantio — explica. 

Veja a anomalia de chuva no período em cada região:

Inverno mais seco em 2021 

Julho e agosto deste ano foram meses secos para todo o Estado. O acumulado de chuva foi negativo em todas as regiões. A média histórica de precipitação em agosto na região Oeste, por exemplo, é de 153,5 milímetros, mas até esta segunda-feira (23), choveu apenas 18,3 milímetros.

Segundo a meteorologista da Epagri, Gilsânia Cruz, agosto deve terminar com déficit de chuva para todo o Estado. 

— Na quarta e quinta-feira desta semana podem ocorrer alguns temporais localizados no Estado, e mais nos dois últimos dias de agosto. Mesmo com essa possibilidade, não há perspectiva de uma chuva significativa que reverta a situação. Agosto deve terminar com chuva abaixo da média em todas as regiões — explica a meteorologista. 

Fonte: NSC

Governo prorroga auxílio emergencial por mais três meses e mantém valores

O governo federal anunciou nesta segunda-feira, dia 5, a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses. O benefício acabaria em julho e, com a prorrogação, também será pago em agosto, setembro e outubro.

Segundo a Secretaria-Geral da Presidência, o decreto de prorrogação já foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e será publicado nesta terça-feira, dia 6.

O Ministério da Cidadania informou que serão mantidos os valores pagos atualmente:

- pessoas que moram sozinhas: R$ 150 por mês;

- mulheres chefes de família: R$ 375 por mês;

- demais beneficiários: R$ 250 por mês.

O calendário completo de pagamento ainda precisa ser divulgado pela Caixa Econômica Federal, responsável por fazer os depósitos.

Fonte: G1

Gerson Gonçalves e Cristiano do Dnit participam de entrevista na Nova

Em entrevista no jornal da nova na manhã desta terça feira, o prefeito de Apiuna Gerson Gonçalves, e o superintendente do Dnit de Rio do sul, Cristiano falaram sobre as lombadas, as físicas serão retiradas assim que as eletrônicas estiverem funcionando

 

 

Padre João Backmann foi o entrevistado desta terça-feira no Jornal da Nova

O padre João Backmann foi o entrevistado do jornal da Nova nesta manha de terça-feira (02). Na pauta a campanha de doação de alimentos da Rádio Nova FM em parceria com as igrejas católicas de Indaial, Ascurra e Apiuna.

 

Uniasselvi esta com promoção em cursos EAD

Confira a entrevista e aproveite a oportunidade.

NOVA FM

Programas

Trânsito Agora

Tempo

booked.net

APPs da Nova FM

Real time web analytics, Heat map tracking