Reportagens - Rádio Nova FM

Com -5,7°C, Santa Catarina registra menor temperatura do ano


Apesar do recorde, o frio é rápido e as temperaturas devem subir conforme o sol aparecer

foto

A semana começou com a menor temperatura registrada em 2017 em Santa Catarina, com termômetros marcando -5,7ºC na cidade de Bom Jardim da Serra. O registro foi realizado às 8h pela estação de monitoramento da Epagri/Ciram, órgão estadual de monitoramento da previsão do tempo e clima, que fica localizada a 1,2 mil metros de altitude. A menor temperatura até então havia sido -4,9°C, no dia 28 de abril, na mesma cidade.

Chama a atenção o fato de que as outras cidades da Serra catarinense não tiveram mínimas tão baixas. Em São Joaquim, os termômetros marcaram -1°C às 7h, todas as outras temperaturas do Estado foram positivas.

foto

A técnica em meteorologia Bianca Souza explica que essa grande diferença, até mesmo em pontos de uma mesma cidade, ocorre por influência do ar frio nas áreas de baixadas e vales:

— A justificativa de baixar bastante a temperatura é a perda de radiação durante a noite, vai perdendo temperatura até que os raios solares comecem a chegar naquele ponto — diz.

Temperaturas amenas ao longo do dia

Apesar do recorde, o frio é rápido, de acordo com Bianca. As temperaturas devem subir conforme o sol aparecer. Nesta segunda-feira as temperaturas podem chegar até 28°C no Sul do Estado, 27°C no Oeste e 25° na Grande Florianópolis e Vale do Itajaí. Já na Serra, depois do amanhecer gelado, faz 20°C.


Fonte: Jornal de Santa Catarina

Roberto Alves sugere mais cautela de Avaí e Chape no Brasileirão


Comentarista analisa o momento das equipes e propõe alteração na filosofia de jogo de ambos, inclusive em confrontos como mandante.

Os times catarinenses na Série A do Campeonato Brasileiro, Avaí e Chapecoense, vivem momento delicado no torneio. O Leão é o lanterna e está sem pontuar a três rodadas. Líder nas primeiras rodadas, a Chape vive fase ruim, com quatro derrotas nos últimos cinco jogos. Diante do retrospecto, Roberto Alves, colunista do Diário Catarinense, da RBS TV e da CBN Diário, analisa a situação de ambos e sugere que joguem com mais cautela, inclusive nos compromissos que terão como mandantes na competição.


Fonte: Jornal de Santa Catarina

Mais 40 médicos cubanos vão atuar em SC a partir da próxima semana


Grupo irá substituir profissionais que cumpriram contrato de três anos de trabalho

foto

Santa Catarina receberá, na próxima quarta-feira, 28, outros 40 médicos cubanos pelo programa Mais Médicos. Os profissionais irão substituir, em 35 municípios catarinenses, outros especialistas que já cumpriram o contrato de três anos em missão. Atualmente, 259 profissionais estrangeiros integram o programa federal em 138 cidades do Estado. Além da reposição de profissionais estrangeiros, o Ministério da Saúde está com inscrições abertas para receber outros 50 profissionais brasileiros até fim do próximo mês.

Segundo a pasta, a expectativa é que até o fim de julho todos os médicos estejam trabalhando nas unidades básicas de saúde - em sua maioria em cidades do interior do Estado. A chegada dos profissionais sela o entendimento entre governo brasileiro e cubano, após um impasse que durou cerca de um mês.

Com a nova gestão federal, intenção do ministério da saúde é reduzir a participação de cubanos no Mais Médicos. Segundo governo federal, a atuação de estrangeiros ficaria restrita apenas em áreas consideradas pouco atrativas para brasileiros, como distritos de saúde indígena.

Das 579 vagas ofertadas pelo Mais Médicos, 320 são ocupadas por profissionais brasileiros, formados dentro ou fora do país. O restante faz parte do programa de reposição de médicos da cooperação com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Veja a lista dos municípios contemplados:

Abelardo Luz
Balneário Rincão
Belmonte Benedito
Novo Biguaçu
Caibi
Concórdia
Gaspar
Guabiruba
Içara
Imbuia
Iporá do oeste
Ipuaçu
Ituporanga
Jaguaruna
Jupiá Lauro
Muller
Maravilha
Meleiro
Modelo
Nova Trento
Novo horizonte
Piratuba
Porto União
Praia grande
Rio do campo
Santa rosa do sul
São domingos
São João batista
Siderópolis
Timbó
Vargem bonita
Videira
Witmansur


Fonte: Jornal de Santa Catarina

Avenida Atlântica será parcialmente intertidada para o trânsito todos os domingos em Balneário Camboriú


Intenção é estimular a prática de atividades físicas e de lazer

foto

A prefeitura de Balneário Camboriú anunciou nesta sexta-feira que a Avenida Atlântica será parcialmente fechada em todos os domingos para as atividades do Atlântica Ativa - Rua de Lazer.

Com a mudança, que passa a valer já neste domingo, a via ficará em meia pista da Barra Sul até a Praça Almirante Tamandaré das 7h às 14h. Do lado direito da rua, o espaço estará livre para quem quiser praticar atividades físicas e de lazer.

Ao todo serão 3,8 km de pista voltada para o lazer, uma extensão da ciclofaixa. Agentes de trânsito farão o monitoramento do Atlântica Ativa nas pontas da Avenida e ao longo do trajeto.


Fonte: Jornal de Santa Catarina

Blumenau recebe final do campeonato catarinense de futebol americano


SC Bowl entre Timbó Rex e São José Istepôs terá programação o dia inteiro no Complexo do Sesi

foto

Quem acompanha as ligas de esportes norte-americanos como basquete, beisebol e futebol americano sabe bem como os ianques conseguem transformar os eventos esportivos em grandes espetáculos de entretenimento. A ideia é que até os que não entendem nada sobre as jardas percorridas pela bola oval ou pelas bases do beisebol consigam aproveitar o evento, ao mesmo tempo em que torcedores fanáticos deixam o show de lado e focam o olhar no campo. É mais ou menos esse clima que a Federação Catarinense de Futebol Americano (FCFA) quer trazer para Blumenau domingo, no Complexo do Sesi, para a final do Campeonato Catarinense da bola oval: o SC Bowl.

A final da 12ª edição do Estadual de futebol americano vem como o maior evento do esporte em Santa Catarina até hoje, com a programação que está sendo chamada de American Day para acompanhar a partida. Em campo, a maior rivalidade recente da modalidade no Sul: Timbó Rex contra São José Istepôs. Respectivamente, o melhor ataque contra a melhor defesa do torneio, na reedição das finais de 2015 e 2016, ambas vencidas pelo T-Rex – que vem em busca do tricampeonato. Atual campeão brasileiro, o time de Timbó perdeu uma partida pela última vez exatamente para o Istepôs, na primeira fase da Superliga Nacional de FA do ano passado. Ingredientes de uma final histórica para a bola oval catarinense.

– A ideia é fazer um grande espetáculo, transformar o evento de futebol americano em um show, em uma programação de entretenimento para toda a família. O evento não terá só a final em si, mas sim tudo que envolve o futebol americano – destaca o presidente da FCFA, Ricardo Pizetta.

A final só vai começar às 14h30min de domingo, mas os portões do Sesi abrem logo cedo, às 10h, para dar início ao evento norte-americano. Terá disputa de flag football (modalidade de iniciação do futebol americano) juvenil e feminino, show com a banda Vintage Cult, hino nacional com a banda do 23º Batalhão de Infantaria, uma área de 500 metros quadrados com tendas e food trucks, espaço para crianças e interação com mascotes. Tudo para atrair não só os fãs da bola oval que já costumam encher o estádio em Timbó paras as partidas do Rex, mas também os blumenauenses em busca de uma atração diferente para o domingo.

De olho na liga nacional

Em busca do tricampeonato catarinense seguido, o Timbó Rex vem focado para repetir os feitos recentes e bater o rival Istepôs em mais uma final, mostrando que segue como a principal força do futebol americano catarinense e nacional. E é de olho no próximo degrau que o time vem para o SC Bowl, já de olho na motivação para estrear embalado no BFA (Brasil Futebol Americano), o campeonato brasileiro da modalidade.

– A gente vem treinando forte desde fevereiro, dando oportunidade para novos atletas e já se reforçando para o campeonato nacional. O Istepôs também trouxe alguns reforços e vai estar na mesma chave que a gente na BFA. Tem tudo para ser uma grande partida – destacou o atleta e vice-presidente do T-Rex, Breno Takahashi.

O próprio modelo adotado pelo campeonato catarinense em 2017 favoreceu esse pensamento de "pré-temporada" para a liga nacional – que este ano vem reformulada, prometendo ser a maior da história. Foram menos partidas durante o estadual e mais tempo para treinamento e preparação das equipes.

– Santa Catarina vem com candidatos fortes nas três divisões nacionais, para brigar por título. Foi um campeonato que visou alinhas os times para entrarem a todo vapor na elite. E também focamos na divulgação, com transmissão de todas as partidas pela internet e alcance de mais de 1 milhão de pessoas – explicou Pizetta.

SERVIÇO
American Day + SC Bowl
O que: Final do Campeonato Catarinense de Futebol Americano + programação com
shows, food trucks e partidas de flag football juvenil e feminino
Onde: Complexo do Sesi, em Blumenau (Rua Itajaí, 3434)
Quando: A partir das 10h (partida entre T-Rex e Istepôs às 14h30min) Quanto: R$ 30 ou R$ 15 + um quilo de alimento não perecível


Fonte: Jornal de Santa Catarina
Mais Artigos...

Peça Sua Música

...


Cidades





























Telefones Úteis