Jony Osmar Karsten é julgado hoje em Timbó pela morte de Ariane Arndt

alt



Jony Osmar Karsten estará sentado no banco dos réus em julgamento marcado para hoje (31) partir das 13h30min na Câmara de Vereadores de Timbó, ele é acusado pelo assassinato de Ariana Arndt na época com 16 anos, a vítima era namorada do réu.

O julgamento de hoje é um dos mais aguardados em Timbó, pois na época do crime em 2012 houve uma mobilização e comoção popular na região para encontrar a jovem Ariane que ficou desaparecida por 24 dias, e o corpo da vítima somente foi encontrada no dia 16 de julho daquele ano no Rio Benedito.

Durante as investigações, Jony Osmar Karsten chegou a ser indiciado e ficou preso por seis meses, depois deste período foi solto para responder o processo em liberdade.

O advogado Jeremias Felsky, que atua na defesa do réu, afirmar que até hoje o Ministério Publico não apresentou uma prova técnica que seu cliente é o autor de assassinato. “Os laudos foram conclusivos, a moça morreu afogada, o que não configura homicídio, então não existe assassinato, o Jony é inocente”, completa.

Para o promotor Alexandre Daura Sarratine “a materialidade do crime de homicídio é a própria morte da jovem , ela morreu por asfixia mecânica proveniente do afogamento”, ressalta o promotor.

Nos autos do processo existe a informação da policia de que Jony Osmar Karsten apresentou vários depoimentos contraditórios e existe a menção de que o réu no dia do crime teria chego à casa dos pais com o calçado molhado, a informação dada por Jony que no dia do crime ele estava jogando futebol não pode ser confirmada, pois nenhum dos jogadores prestou depoimento.

A sessão do júri desta quinta-feira na Câmara de Timbó às 13h30min será presidido pelo juiz Ubaldo Ricardo da Silva Neto.

Judson Lima/ Nova Fm
Foto: Reprodução RBSTV

Cidades





























Telefones Úteis