Assinada ordem de serviço para construção da ponte do Dona Clara

alt

TIMBÓ – “Um grande momento para Timbó e a região do Médio Vale do Itajaí”. Com essas palavras o prefeito de Timbó, Jorge Krüger iniciou o seu pronunciamento na manhã de ontem, dia 24 de agosto, oportunidade em que aconteceu a assinatura da ordem de serviço, que marca o início da obra da ponte do Dona Clara.

A solenidade oficial, que contou com a presença do ex-prefeito de Timbó, Laércio Schuster Junior, responsável pela empresa vencedora da licitação, vereadores, autoridades locais e convidadas e a comunidade em geral. O evento aconteceu junto ao próprio canteiro de obras, localizado na rodovia SC-110, sentido Timbó a Rodeio, próximo à empresa Rudolf.

De acordo com Krüger, a nova ponte sobre o Rio Benedito vai ligar as rodovias SC-110, Timbó/Rodeio e a SC-477, Timbó/Benedito Novo. “A obra tinha um custo inicial orçado em R$ 6,4 milhões, valor este estabelecido pela Caixa Econômica Federal, mas em razão de termos tido participação no certame de licitação de 11 empresas, oportunizou que os servidores da Prefeitura realizassem um amplo estudo, que demorou-se um tempo há mais que o aguardado mas também fez com que se conseguisse baixar o valor para R$ 5,3 milhões, ou seja teve uma redução de quase R$ 1 milhão o valor desta obra, que será executada com recurso próprios da Prefeitura de Timbó”, explica o prefeito ao informar que a ponte terá 85 metros de uma cabeceira a outra, por 15 metros de largura, num total de 1.275 metros quadrados de área construída. “Assim que a ponte do Dona Clara for entregue à comunidade, automaticamente estará finalizada a segunda e última etapa da Obra do Anel Viário do Araponguinhas”, destaca o prefeito.


Prometida há mais de 20 anos


Após a assinatura da ordem de serviço, o prefeito participou de uma coletiva de imprensa e quando questionado sobre a  importância deste ato de assinatura da ordem de serviço para iniciar as obras de construção da ponte que já vem sendo prometida pelos mais diversos políticos ao longo dos últimos 20 anos ele afirmou que: “Esta obra tem uma importância muito grande para Timbó mas também para os municípios vizinhos e região do Médio Vale do Itajaí. Uma obra que há mais de 20 anos serviu de promessas por parte de muitas eleições já realizadas no município e que agora tem-se a grata satisfação, neste dia de hoje, de estar assinando a ordem de serviço para que ela realmente venha a sair do papel e tornar-se realidade”.

De acordo com Krüger, a obra terá ainda suma importância para as demais cidades do Médio Vale do Itajaí. “O Anel Viário do Araponguinhas servirá, principalmente, para desviar o trânsito pesado do Centro de Timbó, que desce pela SC-477, vindo do Planalto Norte-Catarinense. A previsão é que esse trânsito aumente ainda mais a partir de 2018, com a entrega da pavimentação que está sendo realizada entre as cidades de Papanduva e Doutor Pedrinho, e que seguirá até a BR 470. Quero reafirmar que o nosso ex-prefeito Laércio Schuster Junior, foi muito sábio em estabelecer como prioridade esta obra, não só da construção da ponte como também da realização da pavimentação asfáltica de mais de 4,5 quilômetros no trecho do Araponguinhas com saída na BR 470 que vai culminar com todo o nosso projeto do Anel Viário, desta forma desviando esse trânsito e também inibindo a insegurança para quem utilizasse deste trajeto para trabalhar, estudar ou passear”.

Krüger informou ainda que o prazo estabelecido no contrato para que a obra seja concluída é de 12 meses, mas a Prefeitura estará cobrando da empresa, para que esse prazo seja cumprido. “Dentro do projeto, estão previstas ainda quatro rotatórias ao longo de toda a obra do Anel Viário. Duas nas saídas das cabeceiras da ponte do Dona Clara, outra no início da rua Araponguinhas, no bairro Padre Martinho Stein e uma quarta no semáforo da Araponguinhas, perto do Terminal Rodoviário”.

*JMV/Foto: Greici Siezemel

Cidades





























Telefones Úteis